Seguro Desemprego 2018: Tabela e valores

By
O governo brasileiro oferece alguns benefícios para os cidadãos, e um dos que mais movimentam a economia é o Seguro Desemprego 2018.




Vamos te falar um pouco sobre o programa e mostrar os detalhes deste benefício dedicado à classe trabalhadora brasileira. 

O que é o Seguro Desemprego 2018? 

O Seguro Desemprego é um auxílio temporário disponibilizado pelo Governo Federal aos trabalhadores que perdem o emprego. Esse seguro tem ajudado milhões de trabalhadores a se manter financeiramente enquanto se recolocam no mercado. 




Porém para receber o auxílio não basta estar desempregado. Precisa cumprir alguns requisitos básicos para fazer parte, vamos mostrar a seguir o que necessita. 
Seguro Desemprego 2018

Quem tem direito ao Seguro Desemprego 2018 

De forma geral, o benefício contempla a classe trabalhadora que não estão trabalhando por conta de uma dispensa na empresa, porém sem justa causa. Mas o benefício sofreu alterações nos últimos anos, por isso fique atento a como requerer. 

Uma das mudanças mais bruscas foi a quantidade de meses a serem trabalhados antes de fazer jus ao benefício. Antes com apenas 6 meses, o trabalhador poderia requerer o benefício, mas agora esse prazo aumentou para 12 meses. Terão direito ao benefício os trabalhadores que: 

• Trabalhador com carteira registrada, que tenha sido demitido SEM justa causa. E que tenha trabalhado por 12 meses entre os 18 últimos meses. 
• Pescadores em época de proibição de pesca. 
• Empregados Domésticos que tenham inscrição na Previdência Social e que tenham trabalhado pelo menos 15 dos últimos 24 meses. 
• Pessoas resgatadas de trabalho análogo ao de escravo. 
• Empregados em processo de requalificação profissional. 

Devemos dizer também que para fazer jus ao benefício não poderá gozar de outra renda que seja capaz de sustentar a família. E também não poderá estar recebendo outro auxílio da previdência exceto o auxílio-acidente e a pensão por morte.


Tabela do Seguro Desemprego 2018 

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) divulgou recentemente a tabela do seguro-desemprego que entrou em vigor no dia 11 de janeiro de 2018, com base no novo salário mínimo no valor de R$ 954,00. 

O calculo é bem simples, observando o valor do Salário Médio dos últimos três meses anteriores à dispensa e aplica-se a fórmula abaixo: 

Seguro Desemprego 2018: Tabela e valores

Informamos ainda que o reajuste das parcelas do seguro-desemprego é feito durante todos os anos pela variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior. Em 2017, o INPC acumulou uma alta de 2,07%. 


Parcelas do Seguro Desemprego 2018 

O valor do Seguro Desemprego não é pago integralmente de uma única vez. Ele é dividido entre parcelas que podem variar de 3 a 5 parcelas. A quantidade de parcelas depende da quantidade de meses trabalhados com carteira assinada. 

• De 6 a 11 meses: o valor é pago em 3 parcelas; 
• De 12 a 23 meses: a quantia é paga em 4 parcelas; 
• De 24 a 36 meses: 5 parcelas. 

Como dar entrada no Seguro Desemprego 2018 

Para dar entrada ao benefício do Seguro Desemprego, o empregador precisará já ter preenchido o CAGED, já que é este documento que controla se o auxílio será recebido. Após o empregador preencher e enviar o documento, você deverá agendar para comparecer ao posto de atendimento. 

Para agendar o atendimento, acesse o site de SAA - Serviço de Atendimento Agendado e preencha os requisitos solicitados. Após prosseguir deverá entrar com seus documentos. 

Ao comparecer no posto de atendimento, não se esqueça de levar toda a documentação requerida que é:

Documentos necessários:

• Documento de identidade com Foto; 
• CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social); 
• Termo de Rescisão do Contrato de trabalho; 
• Extrato comprobatório dos depósitos do FGTS; 
• Cartão do PIS-PASEP e extrato atualizado ou Cartão do Cidadão; 
• Requerimento do Seguro-Desemprego SD/CD (duas vias – verde e marrom); 
• Três últimos contracheques dos três meses anteriores ao mês da demissão; 
• Sentença judicial ou homologação de acordo (para trabalhadores com reclamação trabalhista). 

E ai, tem direito a receber o benefício? Conhece algum amigo que foi demitido? Compartilhe este artigo e ajude ele a receber o Seguro Desemprego 2018 também. Nunca é demais ajudar pessoas que precisam de nossa ajuda.



0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.