Tabela do PIS 2016 - Calendário PIS 2017

Tabela do PIS 2016

By

Tabela do PIS 2016 - O PIS (Programa de Integração Social) vem beneficiando inúmeros trabalhados brasileiros. Toda ajuda é bem-vinda, principalmente para quem tem um salário apertado ou que tem muitos dependentes. Suprir a necessidade da família é a principal prioridade, pensando nisso foi criado o PIS, programa que foi criado por volta de 1970 com o objetivo de integrar o trabalhador a vida da empresa, com isso o pagamento da contribuição feita pelas empresas ao Fundo PIS/PASEP é repassada ao trabalhador em forma de abono salarial do PIS.

Leia com atenção o artigo para saber tudo sobre a Tabela do PIS 2016.

Quem tem Direito ao PIS 2016

Diariamente podemos observar comentários de pessoas que não receberam o PIS, mas o que poucas delas sabem é que os requisitos devem ser seguidos de forma rigorosa, não podendo passar nem um pouco os valores impostos pelo Governo Federal. Veja quais são as exigências para o trabalhador poder ter direito ao PIS.

tabela do pis 2016


Vale lembrar que se você já viu em algum outro site os requisitos, é necessário saber que houveram alterações que causaram uma grande diferença no recebimento do PIS 2016.

Requisitos do PIS 2016:

  • Ter uma média salarial de até dois salários mínimos;
  • Ter trabalhado por pelo menos 30 dias no ano base (ano anterior ao pagamento);
  • Ter a RAIS (Relação anual de Informações Sociais) enviada dentro do prazo (O papel de envio é da empresa);
  • Ter no mínimo 5 anos de cadastro no PIS;
  • O pagamento do PIS será proporcional ao tempo trabalhado.

Como são contados os anos do cadastro no PIS?

Essa é uma pergunta que muitos procuram a resposta. Com muita frequência, nós da esquipe dew redação do site nos deparamos com as dúvidas referente ao tempo de cadastro no PIS. Veja o exemplo a seguir para o melhor entendimento:

João está dentro de todos os requisitos exigidos pelo programa, porém está com dúvidas, pois o cadastro dele é a partir de 2011.

Se o cadastro foi feito em novembro de 2011, para você ter no mínimo 5 anos de cadastro seria em novembro de 2016, certo? Certo! 

Logo, os leitores acham que não poderiam ter direito, pois completaria o tempo mínimo apenas no final do ano, o que nem todos sabem é que o PIS não conta dia nem meses para completar o ano, mas sim a quantidade de anos, independente da quantidade de meses restante para completar os 5 anos.

João poderá receber o PIS em 2016, pois já tem 5 anos de cadastro. Veja a seguir a tabela do PIS 2016

Tabela do PIS 2016 Oficial Caixa

Todos já sabem que para receber o pagamento do programa é necessário ver a Tabela do PIS 2016 Oficial Caixa com todas as datas atualizadas. Todo ano a Caixa Econômica junto ao Governo Federal disponibiliza esse calendário informativo.

Vale salientar, que os trabalhadores que possuem conta na Caixa Econômica, em algumas situações recebem o PIS um pouco antes, mas para isso, é necessário ter no mínimo 1 real de saldo na sua conta, seja ela corrente ou poupança.

A tabela do PIS 2016 já foi divulgada pela Caixa, que é o agente oficial que administra o PIS, vamos informar aqui todas as datas, veja baixo as datas de pagamento do PIS 2016 e outras informações
Tabela do PIS 2016

Como Sacar o Abono Salarial do PIS 2016

A melhor parte é receber o pagamento, principalmente se acontecer na data  correta, sem atraso. Após verificar a e saber qual será a data de pagamento do PIS, basta seguir um desses passos a seguir:
  • Quem possui o Cartão Cidadão pode efetuar o saque nos caixa eletrônicos da Caixa, Correspondentes Caixa Aqui e Lotéricas. 
  • Quem não possui o cartão, deve procurar uma agência da Caixa e apresentar um documento de identificação. Na ocasião, o trabalhador pode aproveitar para solicitar o Cartão Cidadão e cadastrar sua senha. 
  • Quem possuir conta individual na CAIXA tem o benefício depositado diretamente na conta, caso haja saldo acima de R$1,00 e movimentação
Lembrando que é necessário ter um documento de identificação com foto, caso haja necessidade de sacar o PIS diretamente na Caixa Econômica Federal.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.