Calendário do PIS 2018 para quem tem conta na Caixa

By // 184 comentários:
Calendário do PIS 2018 para quem tem conta na Caixa é aguardado anualmente pelos trabalhadores que tem conta poupança ou corrente na Caixa e tem direito ao abono salarial de um salário mínimo de R$ 954,00 (novecentos e cinquenta e quatro reais).

O pagamento do PIS 2018/2019 para quem tem conta na Caixa começa no dia 24 de julho.

Se você tem conta poupança ou corrente na Caixa fique atento as informações a seguir.

PIS 2018 Valor

O valor do abono salarial do PIS 2018 é igual ao valor de até um salário minimo, que neste ano é de R$ 954,00 (novecentos e cinquenta e quatro reais).



O valor é reajustado anualmente conforme salário vigente no ano. Se por algum motivo não receber seu PIS no ano de 2018 e se receber dentro do prazo limite de até 30 de junho de 2019, o valor do PIS será o salário minimo de 2019.

O salário mínimo de 2019 está previsto para R$ 1.000,00

PIS 2018 antecipado

O pagamento do PIS para quem tem conta na Caixa era antecipado, mas desde 2014, o pagamento começou a ser feito conforme Calendário do PIS especifico com data de nascimento agrupada nove datas de pagamento, nos meses de julho, agosto, setembro, outubro, novembro, dezembro, janeiro, fevereiro e março.
 Calendário do PIS 2018 para quem tem conta na Caixa

Calendário do PIS 2018 para quem tem conta na Caixa

Agora já não é vantagem receber o PIS 2018 para quem tem conta na Caixa, pois não se recebe antecipado, o pagamento do PIS 2018/2019 será feito de acordo datas de nascimentos em 9 etapas.

O pagamento do PIS 2018 para quem tem conta na Caixa também será adiado para metade dos trabalhadores para 2018, assim como para quem não tem conta na Caixa

Para saber se tem direito ao PIS é bom calcular PIS 2018 e verificar se está dentro do limite de valor estabelecido em lei que é de até dois salários mínimos no ano-base, ou seja, se até R$ 1.874,00 em 2017.

Baixe o aplicativo do PIS 2018 e saiba o dia do seu pagamento no seu celular.

As datas de pagamentos foram divulgadas pelo Codefat no mês de junho, preste bastante atenção as datas de pagamento para não perder o abono salarial. 

Quem tem Direito ao PIS 2018/2019

  1. Cadastrado no PIS/PASEP há pelo menos cinco anos ou até 2013;
  2. Recebeu de empregador contribuinte do PIS/PASEP (inscrito sob CNPJ);
  3. Teve remuneração mensal média de até dois salários mínimos durante o ano de 2017;
  4. Ter exercido atividade remunerada, durante pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, em 201
  5. Ter seus dados informados pelo empregador corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) do ano-base considerado.

Qual o valor do Abono Salarial 2018

By // 17 comentários:
Qual o valor do Abono Salarial - Com a mudança na lei ocorrida o ano passado, a partir deste ano o valor do abono salarial não será um valor único, como era até o ano passado.


O valor do abono salarial vai variar entre R$ 80,00 a R$ 954,00.

O valor vai depender da quantidade de meses trabalhados, conforme poderá ver na tabela abaixo👇:

Nova Lei valor do Abono Salarial 

Com a Lei 13.134/15, o Abono Salarial passou a ter valor proporcional ao tempo de serviço do trabalhador no ano-base em questão. O cálculo do valor do benefício corresponde ao número de meses trabalhados no ano-base multiplicado por 1/12 do valor do salário mínimo vigente na data do pagamento.




O trabalhador deverá ter trabalhado no mínimo 30 dias com carteira assinada por empresa no ano-base, requisito para ter o direito ao Abono Salarial, e cada mês trabalhado equivale a 1/12 de salário mínimo no valor do benefício, sendo que o período igual ou superior a 15 dias contará como mês integral.

Veja tabela de exemplos, com base no salário mínimo de R$ 954,00.

Leia mais aqui >>> Calendário do PIS 2017

O que é o Abono Salarial

​Instituído pela Lei n° 7.998/90, o Abono Salarial equivale ao valor de no máximo um salário mínimo a ser pago conforme calendário anual estabelecido pelo CODEFAT aos trabalhadores que satisfaçam os requisitos previstos em lei.

Quem tem direito ao Abono Salarial

Para ter direito, o trabalhador precisa:

Estar cadastrado no PIS há pelo menos cinco anos, ou seja até 2013;
Ter recebido remuneração mensal média de até dois salários mínimos durante o ano de 2017
Ter exercido atividade remunerada para Pessoa Jurídica, durante pelo menos 30 dias em 2017;
Ter seus dados informados pelo empregador (Pessoa Jurídica) corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Qual o valor do Abono Salarial 2018

Saiba aqui qual o valor do abono salarial 2018, de acordo com a quantidade de meses (dias) trabalhados em 2018.
Qual o valor do Abono Salarial 2018

Agora é possível saber quanto vai receber de abono salarial referente ao PIS 2018, aqueles que fazem aniversário entre janeiro e junho irá receber o abono entre janeiro e março de 2019.

O valor será diferente deste da tabela, pois será levado em consideração o novo valor do salário minimo 2019

Quem tem direito ao PIS 2018 →【Pagamento, regras e critérios】

By // 3 comentários:
Quem tem direito ao PIS 2018 - Abono salarial ou PIS é um benefício anual dado pelo governo Brasileiro que vem ajudando os trabalhadores que se enquadram nos requisitos pra o saque da quantia disponibilizada pelo governo.

Leia o artigo completo e saiba todas as informações, qualquer dúvida, deixa um comentário,👇

Objetivo do abano salarial 

É fácil observar como essa quantia ajuda inúmeras famílias que recebem até dois salários mínimos e se encaixa em mais alguns outros requisitos.

Veja também:
Como todos os programas do governo têm todo um processo, com o abono salarial não seria diferente. Nos pontos de atendimentos, sempre veremos congestionamento de pessoas querendo saber Quem tem direito PIS 2018, como sacar, onde sacar e inúmeras outras dúvidas que serão sanadas ao decorrer do artigo.📃




Quem tem direito ao PIS 2018

 Quem tem direito ao PIS 2018

Moderamos comentários diariamente de pessoas com dúvidas relacionadas ao PIS/PASEP; sobre o tempo trabalhado, se já pode receber, como o tempo de registro é contado e muitos outros questionamentos.

Mudanças nas regras do abono e seguro desemprego

Houveram alterações na lei referente ao abono salarial, mudanças realizadas no dia 28 de fevereiro de 2015 que passaram a valer a partir de 2016.

As mudanças não foram só para o PIS/PASEP, o seguro desemprego também sofreu alterações, que para muitos trabalhadores foi surpreendido, pois dentre a alteração de 6 para 12 meses (tempo mínimo) para pedido do seguro desemprego, houveram outras mudanças que não deixaram os trabalhadores satisfeitos.

Critérios para receber o PIS 2018-2019 

Quem tem direito ao PIS 2018 são trabalhadores de iniciativa privada ou pública que se enquadram nos requisitos para poder retirar anualmente o benefício. Com base nas exigências a seguir você poderá saber se poderá ou não receber o PIS 2018-2019.

⇒ 5 anos de cadastro no PIS/PASEP (lembrando que não são contados os anos a partir dos meses, e sim do ano).
⇒ Ter trabalhado no mínimo 30 dias constante no ano anterior ao pagamento do abono salarial (se trabalhou 15 dias, conforme a lei já vale para receber como 30 dias proporcional).
⇒ Ter recebido até dois salários mínimos de remuneração no período o qual trabalhou.
⇒ Ter os dados relacionados na RAIS 2018 e enviado pelo empregador ao MTE no prazo (caso contrário irá receber atrasado ou não irá receber, caso não o empregador não tenha enviado a RAIS).


Pagamento Proporcional

O pagamento do PIS 2018 será proporcional ao tempo trabalhado no ano anterior. Tem que ter trabalhado a fração igual ou superior a 15 dias, e sendo assim será contado como mês integral.

O valor do PIS 2018 é calculado na proporção 1/12 avos (um doze avos) sobre o valor do salário minimo de 2017

Quem paga o abono salarial?

O abono salarial do PIS/PASEP 2017 é pago pela Caixa Econômica Federal no caso dos trabalhadores da iniciativa privada e pelo Banco do Brasil no caso dos servidores públicos que recebem o PASEP.

Ele é pago:
  • Em deposito na conta do trabalhador
  • Em dinheiro no caixa ou autoatendimento
  • Folha de pagamento

Conclusão

Agora que você já sabe quem tem direito ao PIS 2018 e quais foram as suas duas mudanças, é necessário ficar ligado👀 para não passar a data do saque e não perder o seu abono salarial.

PIS 2018-2019 ⟹ Valor, calculo, tabela e direito

By // 102 comentários:
PIS 2018-2019 - O abono salarial do PIS 2018 será um pouco diferente do que os trabalhadores estão acostumados, acredito que muitos não tem noção da mudança referente ao pagamento do PIS 20182019.

Neste artigo vamos falar de maneira bem objetiva como será o pagamento e calendário do PIS 2018-2019. Veja abaixo o calendário do PIS 2019-2018 divulgado pelo Ministério do Trabalho. 😉

Abono salarial 2018 - Calendário, tabela, valores, calculo e muito mais!

PIS 

O PIS, Programa de Integração Social, criado na década de 70 para transferir renda aos trabalhadores de empresas privadas e o PASEP é para as a administração Publica, transfere renda para os servidores públicos.


PIS 2018-2019

Valor do PIS 2018-2019

O PIS 2018-2019 será igual a todos os anos, igual a um salário minimo, desde que tenha direito ao PIS.



A Lei sancionada ano passado (13.134/2015) fez uma alteração no que refere ao valor, não é que será menos ou mais de um salário, mas ele será proporcional ao tempo de trabalho, logo mais vamos ver como calcular o PIS conforme a nova lei.

Calcular PIS - Nova Regra

Antes para receber o valor de um salário minimo integral bastava que o trabalhador tivesse trabalho pelo menos 30 dias no ano anterior, isso seria suficiente para receber 1 salário minimo, mas desde 2016 o calculo tem sido diferente, vamos ver como fica:

Vamos exemplificar aqui, se um trabalhador X trabalhou em 2017 por 5 meses e está dentro das regras para o PIS, como recebe até 2 salários de média então o cálculo ficará assim:

Valor do salário minimo em 2018 - R$ 954,00
Tempo trabalhado 5 meses

954x5/12 = 397,50, o governo arrendou todos os valores que não são inteiros, então neste caso o trabalhador receberá R$ 398,00 de abono salarial

O trabalhador X receberá o valor de R$ 398 no PIS 2018, pois é o valor equivalente a quantidade de tempo trabalhado dele.

Ele só receberá o valor integral de R$ 954,00 se trabalhou em 2017 por 12 meses.

Qualquer dúvidas só deixar um comentário.

Tabela de Valor do PIS 2018 - quantidade de meses trabalhados


PIS 2018-2019

Como podem observar houve uma grande mudança no tocante principalmente ao valor a ser recebido, isso vai afetar muita gente de forma inesperada, mas o objetivo aqui é informar sobre esta mudança o quanto antes. 

O pagamento do PIS 2018-2019 começa em 25 de julho e vai até 30 de junho de 2019.

Quem pode receber o PIS 2018

Para ter direito ao PIS, o trabalhador deve estar cadastrado no PIS até 2012, além de ter trabalhador por pelo menos 30 dias no ano de 2017, com carteira de trabalho assinada, e que tenha recebido, remuneração media mensal de até dois salários mínimos mensais, e que tenha os dado informados corretamente pela empresa ao Ministério do Trabalho e Emprego, na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) do ano-base 2017.

ABONO SALARIAL 2018: Confira Calculo PIS 2018-2019, calendário, pagamento (Muito Mais!)

By // Um comentário:
Confira tudo sobre o abono salarial 2018, PIS e PASEP 2018-2019, tire suas dúvidas sobre quem tem direito, quando receber e valor e muito mais!

O abono salarial 2018 é o pagamento do PIS que é Programa de Integração Social, administrado pela Caixa Econômica Federal e PASEP Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público, que é administrado pelo Banco do brasil.




O PIS 2018 é o benefício social mais aguardo pelos trabalhadores brasileiros, é um benefício pago a todos que tenham recebido até dois salários mínimos, além de exigências que falaremos mais abaixo.

Abono Salarial 2018: PIS e PASEP

O abono salarial é um benefício que consta na Constituição Federal, portanto, ele deve ser pago a todos que cumprem as exigências legais.

O abono salarial 2018 abrange tanto o PIS que é para os trabalhadores da iniciativa privada, como o PASEP que é destinado para os servidores públicos.

As datas de saque o abono salarial 2018 é estipulado pelo Ministério do Trabalho e tem seu calendário de pagamento do PIS 2018 amplamente divulgado pela Caixa, além dos sites governamentais.



No caso do PASEP 2018 a divulgação se dá pelo Banco do Brasil.
Abono Salarial 2018: PIS e PASEP

Quem deve receber o abono salarial 2018?

  1. Neste ano terá direito ao abono salarial do PIS-PASEP 2018, o trabalhador ou servidor que:
  2. Tiver pelo menos 5 anos de inscrição no PIS-PASEP;
  3. Tiver trabalhado devidamente registrado em 2017, que é o ano-base para o abono salarial 2018;
  4. Tiver trabalhador por no mínimo 30 dias no ano de 2017
  5. Tiver recebido remuneração média mensal de até dois salários mínimos;
  6. E tiver seus dados informados de forma correta na RAIS e enviada ao Ministério do Trabalho, dentro do prazo
Estes são os requisitos para receber o abono salarial 2018 do PIS-PASEP, caso não tenha cumprido todos, não terá direito ao benefício.

Quanto vou receber de abono?

Como o pagamento é proporcional ao tempo de trabalho considerado no ano-base, isso significa que receberá de acordo com a quantidade de dias ou meses trabalhados, lembrando que, para efeito legal, quem trabalha 15 dias, conta como 30 dias, portanto, se em 2017, cumpriu todos os requisitos já citados, mas trabalhou entre 15 e 30 dias, já terá direito ao abono salarial 2018.



O valor varia entre R$ 80 a R$ 954, só receberá um salário mínimo quem trabalhou por 12 meses em 2018, confira a tabela de valor.

Como calcular o valor do abono salarial PIS-PASEP

Os trabalhadores sabem que tem direito ou pelo menos acham que tem, mas umas das principais regras é ter recebido media de até dois salários mensais no ano-base, logico que muitos têm a dúvida de como fazer este cálculo.

Pois não é apenas um cálculo, o primeiro a se fazer é para saber se está dentro da remuneração média mensal de até 2 salário mínimos.

O segundo cálculo é saber quanto vai receber, já que por lei, o valor é proporcional a quantidade de meses trabalhados em 2017 e para isso existe outro cálculo.

Vamos de forma bem clara aqui, explicar os dois cálculos com exemplos simples, ok?

Calculo de remuneração média mensal

Para fazer este cálculo e saber se tem direito ao abono salarial 2018, basta somar todos os valores recebidos no ano de 2017 e dividir pela quantidade de meses, terá então a remuneração média.

Exemplo 1

O trabalhador exerceu atividade remunerada durante 4 meses e recebeu os seguintes salários em 2017:

Janeiro – R$ 1580
Fevereiro – R$ 1580
Março – R$ 1700
Abril – R$ 1990

O valor total é igual a R$ 6.850

A média nestes 4 meses foi de R$ 1.712,50

Como o salário mínimo em 2017 foi de R$ 937, portanto, os dois salários são equivalentes a R$ 1.874.

Neste caso ele recebeu média de menos de dois salários mínimos, então tem direito ao abono do PIS-PASEP.

Exemplo 2

Vamos supor que o trabalhador exerceu atividade remunerada por 11 meses e recebeu em todos os meses o valor de 2.100, neste caso ele não tem direito por que teve média de R$ 2.100, ultrapassando os dois salários.

Se em outro exemplo, o trabalhador recebeu o equivalente a apenas um salário mínimo, ele terá direito.

O importante é somar todos os valores mensais e dividir pela quantidade de meses trabalhados.
Vamos ao cálculo para saber o valor a que tem direito

Cálculo do Valor do abono do PIS-PASEP

Desde 2015 o abono vem sendo regido pela nova lei 13.134 de junho de 2015 e nela consta que o valor será proporcional e o cálculo equivalente a 1/12.

Caso tenha direito o trabalhador deve multiplicar o valor do salário mínimo atual (R$ 954), multiplicar pela quantidade de meses trabalhados e depois dividir por 12.

Exemplo 1

O trabalhador exerceu atividade durante 1 mês, neste caso a conta será seguinte:
954x1/12 = R$ 79,50, como o governo arrendou todos os valores, ele irá receber R$ 80,00

Exemplo 2

3 meses de trabalho; 954 x 3/12 = R$ 238,50, aproximando, valor de R$ 239,00

Exemplo 3

6 meses de trabalho: R$ 954 x 6/12 = R$ 477,00
12 meses de trabalho: R$ 954 x 12/12 = R$ 954,00

Assim deverá é feito o cálculo.

Acredito que a dúvida tenha sido tirada, caso não, poderá ainda deixa-la no comentário logo mais baixo:

Tabela de valores do abono salarial

Veja agora a tabela do PIS com os valores que variam entre 80 a 954 reais, cujo cálculo explicamos acima.


Calendário do PIS 2018

O calendário do PIS 2018 assim como nos anos anterior será pago de acordo com o mês de aniversário do trabalhador da iniciativa privada e pago pela Caixa.

Pagamento do PIS 2018-2019

O pagamento será feito em 9 lotes, sendo 6 lotes entre julho e dezembro de 2018 mais 3 lotes de janeiro a março de 2019.

O mês de pagamento começa em julho para os nascidos em julho e assim sucessivamente até dezembro com pagamento em dezembro, já para quem nasceu entre janeiro e junho, o pagamento do PIS será entre janeiro e março.

Mas quem for sacar somente em 2019 receberá o valor com o novo reajuste do salário mínimo, estimado para R$ 1.000,00.

Como e onde sacar

Para sacar o PIS o cidadão deve ir a uma agencia da Caixa, caso não possua o Cartão cidadão. Se tiver pode sacar no autoatendimento, em casas lotéricas ou correspondentes Caixa Aqui.

Se o beneficiário do PIS tiver conta na Caixa e se esta conta tiver saldo e tiver sido movimentada nos últimos 90 dias receberá em sua conta bancária.

No caso do PASEP se o cidadão beneficiário tiver conta no Banco do Brasil receberá automaticamente em sua conta, caso contrário deverá ir na agencia, com um documento oficial com foto e o número do PASEP.

Calendário do PASEP 2018-2019

Diferentemente do PIS, o PASEP segue como forma de escalonar as datas de pagamento, o número final de inscrição no PASEP, começando em 0 e terminando em 9.

Pagamento do PASEP 2018-2019

Diferente do abono salarial do PIS, o PASEP paga e 8 lotes, 5 lotes em 2018 e 3 lotes em 2019, da mesma forma do PIS, quem receber em 2019, terá o valor reajustado também.

Como consultar abono salarial 2018

Há três formas mais usadas para fazer a consulta do abono salarial do PIS-PASEP, quer seja para saber se tem direito, quer seja para saber o valor ou a data de pagamento. Vamos ver aqui estas 3 principais formas:

1. Online

Essa é a forma mais prática e normalmente mais usada nos últimos anos. Para isso acesse o site da Caixa no endereço http://www.caixa.gov.br/beneficios-trabalhador/pis/Paginas/default.aspx clique em consultar pagamento e depois preencher com as informações necessárias, não esqueça que deve informar um número do PIS/PASEP e a senha cadastrada no site, caso não tenha a senha, cadastre-a e depois faça a consulta do PIS online.

No caso do PASEP não tem a opção de consulta online, a consulta só na agencia do Branco do Brasil ou por telefone: 4004 0001 Capitais e regiões metropolitanas e 0800 729 0001 Demais localidades.

2. Agencia

Você também tem a opção de ir a qualquer agência da Caixa, com o número do seu PIS e fazer a consulta, quem tem PASEP essa é uma das poucas opções, no caso deve comparecer ao banco do Brasil e ver se vai receber e quanto.

3. Aplicativo

Uma outra maneira bem rápida é através do Aplicativo Caixa Trabalhador, nele você só precisa baixar e informar seus dados e poderá ter informações sobre o Abono Salarial e o Seguro-Desemprego, além de conferir o calendário de pagamentos e ainda pode tirar dúvidas.

E tudo isso com apenas alguns toques.

Não sei o número do PIS-PASEP, como descobrir?

Para descobrir o número do PIS, caso tenha perdido, pode verificar na Carteira de Trabalho, no Cartão Cidadão ou pela internet, para isso veja este artigo com tudo bem explicado: Consultar número do PIS/PASEP online.

Rendimento do abono, quem tem direito

Tem direito ao rendimento do abono salarial todo trabalhador brasileiro participante do fundo PIS/PASEP cadastrado até 04.10.1988 e cuja conta apresente saldo no início de cada exercício (30.06 de cada ano).

Os valores são definidos pelo Conselho Diretor do Fundo PIS-Pasep. Se o participante não efetuar o saque, os rendimentos são incorporados ao saldo da conta e atualizados monetariamente para posterior saque.

O calendário de pagamento do rendimento é o mesmo do calendário do PIS/PASEP.

Ainda tem dúvidas?

Deixe nos comentários, acompanhe as notícias sobre o abono na página do Facebook.

Se achou o artigo útil, compartilhe, passe essas informações para outras pessoas.


Até a próxima!


Como fazer cartão cidadão para receber o PIS

By // Um comentário:
O Cartão Cidadão é um cartão magnético fornecido pela Caixa Econômica Federal em parceria com o Governo Federal que garante e facilita o acesso a diversos benefícios sociais e trabalhistas, como por exemplo: FGTS, Seguro Desemprego, Bolsa Família e em especial o PIS.




O PIS é um programa que garante acesso ao abono salarial que é um valor pago anualmente aos trabalhadores brasileiros do setor privado.

Para saber como fazer cartão cidadão para receber o PIS e muito mais, continue a leitura.



Quem tem direito ao Cartão Cidadão?

O Cartão Cidadão é destinado a todas as pessoas que possuam benefícios a receber pela Caixa Econômica Federal como: FGTS provisionado, rendimentos do PIS, Abono Salarial ou ainda que esteja recebendo parcelas do Seguro-Desemprego.

Quem tem direito ao PIS 2018?

O abono salarial é um direito trabalhista garantido por lei, porém existem regras específicas para o recebimento. O trabalhador que se encaixar nos requisitos poderá receber um valor que varia entre R$80 a R$959 a depender do tempo de atividade formal remunerada exercida pelo trabalhador no ano anterior.

Como fazer cartão cidadão para receber o PIS

Para se ter acesso ao PIS 2018 o trabalhador deverá estar inscrito no PIS/PASEP há pelo menos 5 anos, também é necessário ter registro na carteira de pelo menos 30 dias do ano anterior e o salário do mesmo não ultrapassar dois salários mínimos, além disso, os dados do trabalhador deverá estar atualizados pelo empregador através do relatório da RAIS enviado para o Ministério do Trabalho.

Como fazer Cartão Cidadão para receber o PIS?

Para realizar o procedimento de emissão do Cartão Cidadão é muito simples, lembrando que se você possui o número do NIS o atendimento e o processo será mais rápido.

Para solicitar o cartão basta se dirigir a qualquer Agência da Caixa ou ligar pelo telefone disponibilizado pela mesma: 0800-726-0207.

Após isso o cidadão deve ira uma Casa Lotérica ou Agência da Caixa Econômica Federal para assinar o termo de responsabilidade e cadastrar a senha.

  • Termo de Responsabilidade: É um documento obrigatório para o cadastramento da senha ou o recadastramento da mesma. A partir disso o titular se torna oficialmente responsável pelo Cartão Cidadão.


Observação: É necessário apresentar um documento de identificação.

Veja também:

Como sacar o PIS pelo Cartão Cidadão?

Com o Cartão Cidadão sacar o PIS é muito fácil! Basta ficar atento as datas de pagamento disponibilizadas no calendário anual e se dirigir a um caixa eletrônico da Caixa com o cartão e a senha.

Nas casas lotéricas, além do cartão e da senha o trabalhador deverá apresentar um documento de identificação.

Ficou com dúvidas sobre Como fazer Cartão Cidadão para receber o PIS? Deixe nos comentários.

Valor do PIS 2018 errado, o que fazer?

By // Nenhum comentário:
Valor do PIS 2018 errado, o que fazer?  Um dos mais aguardados benefícios trabalhistas do Governo o PIS ou Abono Salarial é um valor pago anualmente pela Caixa Econômica Federal e beneficia milhares de trabalhadores brasileiros.

Veja mais:

O PIS é destinado aos trabalhadores do setor privado, enquanto o PASEP é destinado aos trabalhadores do setor público.

O valor desse benefício é variável, e as vezes, por algum motivo pode ocorrer erro em relação a esse valor. Saiba agora tudo sobre: Valor do PIS 2018 errado, qual o procedimento para resolver essa questão e muito mais!

Novas Regras do PIS 2018:

Antigamente era pago um salário integral para todos que trabalhavam em regime CLT, porém, com a alteração na lei 13.134/2015 o valor passa a ser proporcional ao tempo de trabalho no ano base.

O valor atualmente varia entre R$80 a R$954, sendo assim quem trabalhou um mês no ano anterior, por exemplo, receberá 1/12 do salário mínimo, quem trabalhou 2 meses receberá 2/12, e assim por diante.

Valor do PIS 2018 errado, o que fazer?

Os requisitos para receber o PIS são: Ter trabalhado formalmente pelo menos trinta dias no ano base em questão, estar com os dados atualizados pelo empregador no RAIS, o salário recebido no ano base não ultrapassar dois salários mínimos e estar inscrito há pelo menos 5 anos no PIS/PASEP.

Como calcular o Valor do PIS 2018?


Sabendo que com as novas regras o valor do PIS se tornou proporcional aos meses de atividade remunerada formal do trabalhador é necessário realizar um cálculo para saber qual o valor específico do benefício de cada um.

O cálculo é bem simples

Por exemplo: Supondo que um trabalhador exerceu atividade remunerada formal em 2016 por 5 meses, o cálculo será assim:

Valor do salário mínimo: R$954

954 x 5÷ 12 = 397.5

Ou seja o trabalhador em questão terá direito ao Abono Salarial no valor de R$ 397.5


Valor do PIS 2018 errado, o que fazer?

Valor do PIS 2018 errado–Para tirar dúvidas sobre o PIS salarial 2018 e resolver a situação caso o valor do seu Abono Salarial estiver errado, o trabalhador pode entrar em contato pelo número: 0800 726 0207 ou se dirigir a qualquer agência da Caixa Econômica Federal para solicitar a análise dos dados e corrigir o erro no valor em questão.

Fique atento as datas estipuladas no calendário de pagamento para receber o Abono Salarial, ela varia de acordo com o mês do seu aniversário.

Ficou com dúvidas sobre valor do PIS 2018 errado? Deixe nos comentários.


Tecnologia do Blogger.